Ministério das Finanças – a “enganar-se” desde o princípio do século

Enganos

Desde o ano 2000, o último em que o Ministério das Finanças conseguiu acertar na taxa de crescimento do PIB no seu Orçamento de Estado, o Ministério das Finanças falhou sempre as suas previsões. Em oito dessas vezes a previsão foi acima do número real por uma média de 1,8pp. Nas quatro vezes em que a previsão foi abaixo do crescimento real, o erro foi de apenas 0.4pp. Em média neste período as previsões do Ministério sobreestimaram o crescimento do PIB nuns fabulosos 1.1 pontos percentuais. Se as previsões do Ministério das Finanças ao longo destes anos estivessem correctas, hoje o PIB português seria 12% superior.

Note-se que é perfeitamente normal fazer erros em previsões feitas de boa-fé. Mas no longo prazo, o erro médio dessas previsões deveria ser zero. Face a estes números, das duas uma, ou as previsões são feitas de má fé ou os modelos utilizados carecem de correcção urgente.

3 comentários a “Ministério das Finanças – a “enganar-se” desde o princípio do século

  1. Pingback: Mentirómetro das finanças afinado | A Montanha de Sísifo

  2. Pingback: A simples ignorância económica não explica tudo « O Insurgente

  3. Pingback: Previsão na mouche | A Montanha de Sísifo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s