Duas citações, duas

CDS vai empenhar-se na defesa do Estado social, diz Paulo Portas

Paulo Portas diz que voz do CDS não foi foi ouvida no OE

Em apenas duas frases, Paulo Portas acaba de demonstrar a crescente irrelevância do seu partido. Primeiro, porque se é para defender o estado social, já há muitos partidos no actual panorama político que o fazem (todos que me lembre). Segundo, ao vir dizer que não teve voz no orçamento, só confirma a inutilidade de se votar CDS. Um partido que nem pode ser poder, nem consegue influenciar o poder, está a fazer o quê no boletim de voto?

8 comentários a “Duas citações, duas

  1. Paulo Portas está apenas a ser o típico político português, de vistas estreitas e limitado ao imediato. Na primeira citação, pretende conquistar a simpatia de quem (ainda) acredita que este “Estado social” pode ser salvo (ou que tenta que dure o suficiente para o próprio se safar e que se lixe quem vier a seguir) e na segunda tenta descolar-se de algo que muitos vêem como mau.

    É a táctica do “eu sou bonzinho e não tenho nada a ver com o que é mau”, a que demasiados politiqueiros (incluíndo comentadores) reduzem a política nacional. Princípios, visão e estratégia de longo prazo não existem. E a segunda citação demonstra que lealdade e seriedade também não. Ou não se demarcava do Orçamento feito pelo Governo de que faz parte ou abandonava o Governo que fez esse Orçamento.

  2. Caro Carlos,

    Concordo com a sua “cruzada” em apontar as contradições do CDS. Maior clareza, com menos “uma no cravo e outra na ferradura” tão característicos da política nacional, seria uma medida higiénica contribuindo para que o eterno sentimento de engano não se manifestasse nos eleitores.
    No entanto, no seu zelo em apontar estas contradições, não se esqueça que o nosso voto vai apenas para um dos partidos que se apresentam a eleições e não para um partido ideal, imaginário, que só tem existência nas nossas mentes.

  3. No CDS, não se estuda; não há massa cinzenta para tal; nota-se há mais de 10 anos;
    CASO assim não fosse, TERIAM MOSTRADO ALTERNATIVA e com CORTES a SÈRIO na ADMINISTRAÇÃO PÙBLICA, NAS PPP´s (nao mexem uma palha sobre autarquias…nada, ajoelhando-se ao partido-rei dos tiranetes locais, dos fanfarrões da “obra” e do parolo empreiteiro), nada disseram; (Só que…: não quero crer!)
    Pensando bem…
    ..o que vai fazer um João ou um Nuno depois da política? Belenenses, já não dá…Ou um Diogo ou um Melo? Casa do papá, dar aulas de Direito? O mundo é outro…porque já o é. O Direito está falido, muitos deles destreinados, e empresas a sério nao querem gente que se venda ou que esteja ao nível do vendedor porta-a-porta…
    Assim, esta gente está lá a aquecer-se. O engano existe e é real.Paulo Portas não consegue ser major no estrangeiro…nem general em Portugal…assim vão ficando; é triste.
    *
    Acaso alguém mete o interesse nacional acima da sua razão de consciência?
    E caso assim seja, …desculpável seja, …não luta conscientemente e com veemência no corte da despesa??? PAGAMOS os IMPOSTOS que o CDS deixou…que viessem a lume, capisce?!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s