Invista em Portugal!

Há 3 meses, o primeiro-ministro anunciou às empresas a operar em Portugal uma diminuição dos custos do trabalho via TSU. Um mês depois voltou atrás e decidiu que o custo para as empresas se manteria o mesmo, mas os trabalhadores continuariam a ganhar menos. Mais um mês, e alguns deputados da Assembleia da República propuseram às empresas que afinal pagassem voluntariamente mais nos primeiros meses do ano. Umas semanas depois, o pagamento em prestações dos subsídios já era obrigatório.
Resultado: neste momento, as empresas do sector privado ainda não sabem quanto irão pagar de salários dentro de 30 dias. A irresponsabilidade, o amadorismo e os tiques construtivistas da maioria governamental não param de surpreender. Alguém se arrisca a adivinhar quantas vezes mudou o regime fiscal em Singapura, na Suiça, no Dubai ou no Luxemburgo nos últimos 10 anos?

Leitura adicional:
Construtivismo amador

3 comentários a “Invista em Portugal!

  1. “Há três meses atrás…”!!!! Porque é que esta gente não aprende a escrever antes de publicar? Então, para ser coerente, deveria pôr “Um mês depois há frente…”. Ou será que levar atrás é diferente de levar à frente? Pelos vistos é…

  2. Pingback: E dura, e dura | A Montanha de Sísifo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s