A mais de duas semanas de distância da greve geral

  • Fazer greve é um direito, impedir os outros de trabalhar é crime. Alguém que é detido por atirar pedras a um colega que decidiu trabalhar não é um preso político, é um vândalo imbecil.
  • A polícia não tem o direito de bater em pessoas que se manifestem pacificamente. A desculpa da confusão não se aplica: num estado de direito, responde-se à violência com prisão, não com mais violência. Se a polícia agride de forma ilegítima, legitimará a contra-agressão.
  • Irão existir longas discussões sobre os números da adesão à greve que nunca ficarão sanados. Uma recomendação ao governo: publiquem o número oficial de funcionários públicos que se apresentarão ao trabalho esta quinta-feira, dia 13, e no dia da greve geral (quinta-feira, 27). Esses números existem, podem e devem ser publicados.
  • Irão também existir longas discussões sobre o número de pessoas na manifestação. As operadoras de telecomunicações móveis sabem exactamente o número de pessoas na área da manifestação durante o horário em que esta decorre. Jornalistas podem fazer o seu trabalho de investigação, contactando as operadoras JÁ para conhecerem o número habitual de pessoas naquela zona a uma quinta-feira. Poderão depois comparar com o número de pessoas na quinta-feira da greve.
  • Se os jornalistas, mais uma vez, não fizerem o seu trabalho de investigação, fica um aviso aos organizadores: a não ser que consigam tirar uma fotografia como a de baixo, estarão a mentir se disserem que a manifestação tem mais de 100 mil pessoas

visita do papa

2 comentários a “A mais de duas semanas de distância da greve geral

  1. 5ª dia 13 é um mau dia. Os funcionários públicos de Lisboa não trabalham (feriado municipal). dia 20 será mais acertado. mas a conta não será feita.

  2. CGPinto devia ir fazer um estagio de um ano na policia antimanifestaçoes e aguardo a repetiçao desta cronica apos isso.Se tiver muita imaginaçao pode abreviar.Que preocupaçao teria se um grupo grande estivesse a fazer de si alvo com pedras de calçada? 1-a imagem que o governo vai dar; 2-preciso educar estes cidadaos? 3-sao os deseperados dos infelizes desempregados 4-sou um bom policia e sao pedradas da profissao 5- a culpa disto é nossa que temos uma ma´imagem….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s