Que Cavaco?

Cavaco

Ninguém parece ter entendido as implicações do discurso de Cavaco Silva de ontem. Mais do que dar respostas, Cavaco Silva deixou muitas perguntas no ar. A verdade é que para saber exactamente o que vai acontecer é preciso perceber que Cavaco falou ontem. Existem quatro possibilidades:

Cavaco Salomão: Cavaco optou por uma solução salomónica, de psicologia inversa. Ao mandatar os partidos a se unirem deixará o ónus da estabilidade governativa neles. É uma solução que faz sentido porque, seja em 2014 ou em 2015, parece certo que o PS voltará ao poder. Qualquer reforma a sério do país não pode ser feita sem o acordo do PS, com o risco de tudo se inverter quando este partido voltar ao poder. Claro que o grande risco aqui é alimentar os partidos de extrema esquerda (o PCP e o BE) que têm já mais de 20% nas sondagens. E, claro, para ser uma verdadeira decisão salomónica, Cavaco teria que ter já um pré-acordo do PS.

Cavaco Laranja: Cavaco não consultou o PS sobre esta solução e tem a consciência que o PS não a aceitará. Depois de o CDS de Portas ter dado um tiro no pé ao criar a crise política, o PS ficará com o ónus de não ter contribuido para a resolver. Passos Coelho sairia da situação como o único estadista que tentou até ao fim manter um governo estável e cumprir com as obrigações internacionais. A possibilidade de o PSD ganhar as próximas eleições, mesmo que antecipadas, passa de nula a possível.

Cavaco Primeiro: Cavaco quer criar a impressão de estar a dar aos partidos uma oportunidade de se entenderem, sabendo à partida que tal não acontecerá. A falta de entendimento entre os partidos justificará depois a introdução de um governo de iniciativa presidencial. A recente entrada em cena de Manuela Ferreira Leite criticando o executivo PSD pode indicar ser ela a escolhida para liderar esse governo. O facto de criticar um executivo liderado pelo PSD coloca-a acima de qualquer suspeita em termos de independência.

Cavaco Histórico: Cavaco quer ser o último presidente da III República.

16 comentários a “Que Cavaco?

  1. Voto na possibilidade Cavaco Histórico, pois ontem deu o sinal de partida para a campanha eleitoral (menos de 12 meses), periodo onde ninguem vai querer tomar nenhuma medida impopular (i.e. resolver problemas)… e isto tudo porque alguem conseguiu por dinheiro em caixa no estado para este periodo, e agora ha que gasta-lo todo até as eleições… até ao dia em que este de novo faltar e fomos pedir de novo aos credores que cada vez gostam mais de nós…. No entanto, não há problema pois iremos encontrar o “Salvador” que com poderes mágicos vai resolver tudo, quão perto estamos do pensamento da época medieval ….

    • Não, pega-se em todo o dinheiro que se tiver, todas as coisas que se conseguir carregar, e foge-se, de avião, carro ou a pé.

  2. e já agora comuniquem ao 20% do eleitorado que têm intenção de votar nesses partidos que não querem os impostos deles, da mesma maneira que não querem pagar caso eles sejam governo

  3. Pela linguagem usada nas respostas do Curioso, e pelo autoritarismo como defendem as suas opiniões e pelo desprezo que tem por quem tem uma opinião contrária… imagino a democracia que seria com eles a governar…

    • a questão é essa, imagina, eu já tenho a certeza de como é PS,PS/CDS (Queijo),PS,PSD,PSD/CDS (Irrevogável).Se fui Tomé para estes porque não para os que faltam.

  4. Quando conseguirem 50% dos votos, posso não concordar mas respeito a maioria, não vou para a assembleia chamar nomes …. sobre o imaginar é fácil basta ver os países que seguem os vossos ideiais… ou então ver como as nacionalizações do 25 Abril fizeram crescer a economia e diminuir o desemprego ….

  5. ” sobre o imaginar é fácil basta ver os países que seguem os vossos ideiais”- a china conta ?, se sim, a malta já está mais habituada que com o PT do Brasil

  6. estava a falar das alternativas do BE e do PCP por isso queria mesmo dizer nacionalizações, não sabia que o PCP e o BE também planeiam fazer privatizações…
    Sobre a China, infelizmente estamos sim habituados a usufruir dos produtos deles, mas felizmente muito longe das mesmas condições de trabalho … são obrigados a trabalhar praticamente como escravos (não são 40 horas semanais) para um regime que põe o estado muito acima do cidadão …
    Sobre o PT do Brasil, sim os seus níveis de corrupção batem os nossos que quase parecemos amadores, mas se o BE e do PCP entrarem aí sim como teremos muito mais estado, acredito que podemos lá chegar …

    Se o BE e do PCP tivesse a coragem de dizer as verdadeiras consequências de viver sem credores, de criar empresas que seguindo os seus principios funcionam bem melhor, aí sim tinham o meu voto …. senão vendem uma ilusão como todos os outros…
    Um exemplo é a quantidade de camaradas do BE e PCP a jogarem no totoloto… Isso não é tirar a todos um pouco para ajudar a criar um milionário? Não é querer ser diferente dos outros ainda por cima sem mérito? Mas a filosofia do BE e do PCP não é exactemente a inversa? mesmo assumindo que os camaradas que ganharem o prémio irão distribuir por todos, então porque jogam se no final querem que tudo fique na mesma antes do jogo. Não percebo ….

  7. Bom pelo menos no Brasil já começaram a ir para a rua, aqui vão para a praia.Os processos sumarissímos para alguns manifestantes, devem querer dizer alguma coisa, destes democratas.A presidente da AR, já deixou escapar qualquer coisa.Não sou comunista, sou a favor de um Estado Social Forte e defendo a economia de mercado na qual inclui as falências dos bancos como qualquer empresa e se for nacionalizado é para ficar no Estado e não para limpar passivos e vender por bagatela.Vivemos tempo muito esquisitos, temos acesso a informação como nunca tivemos, sabemos a merda que se faz,e também vemos que não se passa nada. Mas a minha maior preocupação, maior que a corrupção é que é fácil instalar um regime repressivo neste país pelo simples facto de o povo ser manso (cada um quer levar a sua vidinha) e motivado por pequenas redes de compadrios, desde a junta de freguesia até aos ministérios, perdemos os genes de antes de 1926.

  8. Também penso que se BE e PCP chegassem ao poder , teriam que se adaptar, darwin já explicou isso.Por isso vão ter o meu voto. Como disse já fui Tomé para várias opções, e deu no que deu.Porque não ver estes?se for enganado, ao fim de 4 anos faz-se as contas. Vendo bem, até era bom para para o governo que vier a seguir , já tinha mais coisas para vender.

  9. Apesar de eu achar que é sempre possível fazer muito pior (quando pensamos que já está tudo muito mal), aceitarei e respeitarei um governo do BE e PCP caso seja a vontade da maioria, e isso mesmo ao final dos 4 anos poderemos fazer as contas, não antes ….

  10. Vocês esquecem-se que o facto de os dois, BE e PCP somarem o suficiente para ganhar umas eleições (hipótese muito remota, para começar) isso não significa que se entendam entre eles. Muito pelo contrário, seria mais no género de Angola na independência.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s